domingo, 30 de março de 2014

guerra celulose

se as guerras fossem feitas de palavras
todo soldado seria de papel


Vinni Corrêa
04 de abril de 2013



K.C. Maxwell - Toy Soldier

sábado, 22 de março de 2014

ponte

com a linha do horizonte
enforco o feriado
na ponte
Rio-Niterói


Vinni Corrêa
04 de abril de 2013





quarta-feira, 19 de março de 2014

dos[age]m

dosa a voz
ao falar
dos avós

para os avós
fale bem alto
para usar voz


Vinni Corrêa
29 de março de 2013



Albert Anker - Devotion to the Grandfather

domingo, 16 de março de 2014

cura sugestiva

dei palpites
em um coração
que então
se apaixonou



Vinni Corrêa
06 de julho de 2012



Alfred Gockel - Beating of My Heart

sábado, 15 de março de 2014

ECO




Vinni Corrêa

Geometria da Vida


Geometria da Vida


Vinni Corrêa

SERVILAODONOLOCOOCOLONODOALIVRES



SERVILAODONOLOCOOCOLONODOALIVRES

Vinni Corrêa

ressaca




Vinni Corrêa
11 de junho de 2011

o varredor

por onde anda Bob?
por onde
               andará?

está a deus-dará
          tá de bobeira
          tá de bobis
          tá de sacanagem
bobagem nesta andagem
sua meninice
                    uma
                            bobice

no futebol seria bobinho
o mais craque
                seria bobular
mas é da rua
é um sem
                 bob-lar


Vinni Corrêa
06 de julho de 2012



Poul Webb - Street Sweeper

segunda-feira, 10 de março de 2014

sábado, 8 de março de 2014

companheira

mulher trabalhadeira
todo dia a vida inteira
babá esposa enfermeira



Vinni Corrêa
24 de agosto de 2012



Tarsila do Amaral - Costureiras

viagem

através do mundo
atravesso o ar
sendo livre
sem ter de voar


Vinni Corrêa
01 de fevereiro de 2013



James Belton Bonsall - Goddess of the Wind

sexta-feira, 7 de março de 2014

amigos do peito

meus amigos
são tão poucos
que não preciso
de dedos para contá-los

sei todos de cor



Vinni Corrêa
05 de fevereiro de 2013





medo do escuro

o menino que guarda raios
dentro do bolso do pijama
não tem nome
e a cada dez minutos
se levanta
espia
a larvinha
se arrastando
pelo teto distante
a meio caminho andado
o menino se pergunta
por que guarda raios
dentro do bolso do pijama



Vinni Corrêa
08 de julho de 2012



El Greco - A Boy Lightning a Candle with a Coal

invasão

à Arnaldo Antunes


tá na moda
no e-bay
e amazon
o turbante do bin laden
fabricado
pela nike
por crianças indonesias
mas corra logo
vem aí
a próxima moda:

pão sírio com diminuição de vodka russa produzido por estudantes libaneses refugiados e contratados pelo McDonalds grego

tapetes persa-iraniano e estofados norte-coreanos tecidos por grávidas palestinas contratadas temporariamente pela Prada chinesa

consoles mexicanos rodando games cubanos programados por jovens haitianos formados em curso online de Harvard oferecido por ONG venezuelana



Vinni Corrêa
27 de agosto de 2012



Wedha Abdul Rasyid - The image I would like to see

Leia também:

TMF

enfezado

um animal perde a cabeça
outro perde o rabo
só o homem perde
em ambos os lados


Vinni Corrêa
24 de agosto de 2012



Artemisia Gentileschi - Judith Degolando Holofernes

Água Benta Azul

pensar bastante no sexo
pode fazer o pau cair
dizem as crenças sem nexo
só cura com elixir 


Vinni Corrêa
26 de setembro de 2012



Keith Haring - Untitled - 22

Cracudos: um poema denúncia

cadê a paz Paes?
a mulecada craque
ainda fuma na Leopoldo Bulhões
e Paes nada faz
a nova praça sob os trilhos
é ponto de venda
e a mulecada craque
ainda fuma em Manguinhos
no Jacarezinho também
cadê a paz Paes?
a Cracolândia se espalha
e Paes nada faz
só recolhe e nada mais
e Paes nada faz 


Vinni Corrêa
12 de outubro de 2012



Karl Gietl

código de reciprocidade

dentro dos teus olhos
leio a nossa lei do talião

olho por olho
sexo por sexo...

pois somos tal qual
quando nossos olhares se cruzam

somos iguais
pois me vejo no teu olhar


Vinni Corrêa
21 de setembro de 2012



 Andre Martins de Barros - L'homme au bonnet blanc

Andre Martins de Barros - L'homme erotique

livre arbítrio

o beijo não é roubado
quando quem cala consente
amor bandido não é pecado
se roubo um cabaço inocente 


Vinni Corrêa
07 de setembro de 2012



George Grosz

Subúrbio

suruba de distanciamentos
distúrbio de movimentos 


Vinni Corrêa
19 de agosto de 2012



 Alvarez Cabrero - Zona

Di Cavalcanti - Paisagem de Subúrbio

Teorema

a = mate a mágica
b = mate a métrica
a' = mate a mística
b' = mate a módica

x = não mate a música 


Vinni Corrêa
18 de julho de 2012



Fernando Maldonado - Outras Realidades

Pedido

meu sexo flutuou
ardente como
chama no pavio
e a derreti toda
feito
cera de vela 


Vinni Corrêa
08 de julho de 2012



Gagik Manoukian - The Hot Couple

O Pessimista

Encho um balde de água vejo no fundo o meu rosto despejo a água em um vaso onde agora está o meu rosto o mais estranho é como minha face cabe perfeitamente nestes recipientes 


Vinni Corrêa
18 de janeiro de 2012



Hélio Rôla - Dura Lex - O Diabo da Garrafa

Meia-Verdade

Meia-verdade é uma cinta-liga nas pernas de um travesti. 


Vinni Corrêa
05 de setembro de 2011



Nessa - La Jarretière Verte

Quero o Corpo

Quero o corpo
A cor e o pó
É pouco
O pó e a cor
Deste corpo
Dê-me todo o teu
Colporgasmo 


Vinni Corrêa
10 de maio de 2012



André Masson - Armor (L'Armure)

Um Bêbado Certa Vez Me Contou


 Um bêbado certa vez me contou: 

“toda e qualquer mulher deve ser desfrutada pelo menos uma vez na vida, mas só consigo as barangas. As belas, as mais belas, são fáceis para um homem ter pois todos as desejam. Difícil são elas me terem, me terem...não, isto não está correto, como vou saber o que é mulher hoje em dia?” 

E encerrou o seu monólogo vomitando em cima de uma transeunte.



Vinni Corrêa
26 de março de 2011



Joseph Mysliwiec - Pirate Booty(the nautical term for treasure)

Beijo Largado na Estrada

Disparou um beijo largado na estrada
Veloz beijo a correr pelas vias
O vento assobia vapor
Queima corpo combustível
O asfalto labial por onde corro
Ecstase ultrapassa e atropela
Aquele beijo largado na estrada 


Vinni Corrêa
14 de janeiro de 2012



Divine Mania (Francísco M.D.) - Reptile

Saltitas na Cama Feito Pulga

Saltitas na cama feito pulga
Abre as pernas como moça adulta
Excitas-me que a pica avulta
A cona o caralho não julga 


Vinni Corrêa
20 de janeiro de 2012



 Pablo Picasso - Suite 347

Pablo Picasso - Femme nue couchée jouant avec un chat

O Sabor da Beleza II

Menina moça que veste um shortinho
Mostra a aba do bumbum
Comissura a esbanjar de amarelo
Léguas de línguas derramadas
Salivantes
Uma passarela na chuva
Desfila o corpo
Quanto sabor tem esta beleza 


Vinni Corrêa
15 de abril de 2012



Alexandra Spargo - Hot Pants

Só o Nylon

Ela puxa a calcinha
Cutuca lá dentro
Só o nylon
Cravado como unha na carne 


Vinni Corrêa
04 de julho de 2011



João Carita - Damn, You Look So Good And I´m Drunk

Namorado

Quero cobrir-te de beijos
Como peixinhos bicando as bolhas
Que rodeiam nossas mãos no aquário
Quero cobrir-te de beijos
Do cangote ao bumbum
Que peixe mais feliz sou eu
Nadando em tuas nádegas 


Vinni Corrêa
25 de abril de 2011



Di Cavalcanti

Sofá Flutuante

Esperarei rei por ti num céu sentando em um

                                                         sofá flutuante

Como dono de uma nuvem encubro a terra em um

                                                         sofá flutuante

De pipa debica eu pegando uma rabiola em um

                                                         sofá flutuante

Desenevoa voa as asas da gaivota de balão em um

                                                         sofá flutuante


Vinni Corrêa
13 de fevereiro de 2012



Edgar Ende - Die Wartenden

Na Vontade

Vou fazer xixi
Ela diz
Como se me interessasse
Saber de sua bexiga cheia
Vou beber água
Ela diz
Como se me interessasse
Saber de sua boca seca
Vou para cama
Ela diz
E já sei
Que a vontade é de dormir
Mas ela prefere dizer
Ir para a cama
Para não deixar claro
Que não está nem um pouco
Afim de transar 


Vinni Corrêa
16 de setembro de 2011



Marc Chagall - Adão e Eva

Vibrações

Na crisálida da idade
Sentiu uma latência em sua púbis
Alisou o celular em seu grelo bem dotado
O aparelho vibrou ao receber uma ligação
Desesperada
Atendeu ao primeiro toque
Do outro lado
A operadora solicitando recarga dos créditos 


Vinni Corrêa
05 de junho de 2011



Achille Deveria

Suspiro

Que dó
Que dó
Que dó
Que dó
Que dóiiii

Suspirou ela 


Vinni Corrêa
02 de agosto de 2011



Pablo Picasso - Minotaure et femme (René Char, Dépendence de l'adieu)

O Conformado

Abriu a janela subiu até ela e ficou no parapeito de braços abertos aguardando a rajada de vento caiu mas ele não queria ser um pássaro queria ser apenas uma cortina de vez em quando



Vinni Corrêa
18 de janeiro de 2012



Fernando Maldonado - Juguetes

Um Suspiro é Mais Satisfação que um Sorriso

o meu suor tem a tua pele
o meu gozo tem a tua boca
   um suspiro é mais satisfação que um sorriso
é cúmplice do crime perfeito
   corpo e mente plenamente saciados


Vinni Corrêa
02 de janeiro de 2012



Gagik Manoukian - Ecstasy 2

O Segundo Sonho ao Luar

Um menino contempla durante a noite o céu iluminado: é linda a bunda da Lua, diz ele aos amigos, que riem todos, porque a lua não tem bunda. E ele nem se importava, mantinha o sonho de se tornar astronauta e explorar a nudez lunática, e alcançar o lado negro da Lua, a vagina de Vênus.



Vinni Corrêa
10 de janeiro de 2012



Louis Icart - Venetian Nights

O Pote Mágico

Ali se essa fada encantada abrisse
    logo o seu pote mágico
Ali se sol tava
    abria-se
    logo o seu pote mágico


Vinni Corrêa
05 de janeiro de 2012



Pablo Picasso - Femme et faunes

Bob Atravessa a Rua

Bob atravessa a rua
Logo atravessa de volta
Então Bob atravessa a rua 


Vinni Corrêa
02 de janeiro de 2012



Renédios Varo - El Camino Árido

Sem Tidos

Exala em meu suor o odor arenoso das minhas ideias que minha narina obstruída consegue tatear ainda manca mas nunca é tarde mesmo que sob uma rajada de candura a alimentar ingenuidades.



Vinni Corrêa
18 de abril de 2011



Max Ernst - Human Form

Oferendas do Nosso Corpo

Eis um mar um corpo para esse altar
Em trono cai chão
Vênus
Concha pitéu 


Vinni Corrêa
14 de outubro de 2011



Hélio Rôla - Dura Lex - O morto espetacular na TV

De Tabela

Esse fedor em tua boca
Condena o beijo de tabela
Que a pica doutro deixou-te a porra
Em que esta respinga dela 


Vinni Corrêa
01 de novembro de 2011



Kama Sutra of Vatsyayana

Felicidade

Feliz aquele que tem no outro
A sua própria felicidade sorrida
Infeliz aquele que a desgraça é a sua guarida

Há quem por ela procura em jazidas d'ouro
Escava solos enervados de transparente ferida
Não encontra o próprio coração de alma sofrida

Há quem por ela procura em nuvens de soro
Caminha sem pé enxerga sem olho defeca sem tripa
Quando dá por si tudo o que pode é rifar a própria vida

Feliz aquele que tem no outro
A sua própria felicidade sorrida
Infeliz aquele que a desgraça é a sua guarida 


Vinni Corrêa
11 de junho de 2011



René Magritte - Infinite Gratitude

Poema e Café

Eu escrevi um poema
Mas o apaguei
Raspando as letras
E do seu pó fiz um café
Bebi
Amargo e forte
Minhas palavras
Então
Reescrevi o poema
Em negrito 


Vinni Corrêa
11 de junho de 2011



Cena do filme Sobre Café e Cigarros

terça-feira, 4 de março de 2014

De Coração Fechado

Não faço parte de uma decoração art déco nem minha sombra se cala enquanto distante do abajur quem anda pelas calçadas da sub urbe sente o tropeçar desigual o lixo do homem incorpora o cenário não inventaram o nosso touch que amplia a nossa tela de visão permanecemos com a escolha entre os barrões e os esbarrões a guerra que é cotidiana faz do cotidiano uma guerra e a brisa que entra pela janela do ônibus me encoraja a seguir pelo asfalto



Vinni Corrêa
05 de outubro de 2011



Máximo Caminero - El Lado Oscuro del Corazón

Aqui É o Lugar de Dormir

O protesto indigente dos seus dedos não é suficientemente capaz de intimidar-me o estômago que não cala um instante nesta madrugada sóbria

A cama ainda feita com lençóis da última gota do nosso suor adormce nossos sonhos e mantem desperta a preocupação

A ladraria dos nossos pensamentos que não se distrai nem com o suspiro do osso

O marulho do mar talvez me encontre emergindo do fundo do meu próprio oceano talvez até o uivo do vento trouxesse da nuvem mais carregada o peso dos olhos mas onde quer que eu esteja eu já estou aqui apenas aguardando-me mas pensando em tudo que não sou eu

E por que busco-me se já me encontro deitado em minha cama?

Porque não me encontro dormindo



Vinni Corrêa
20 de novembro de 2011



 Edgar Ende - Der Unruhige Schlaf

Siegfried Zademack - Wie Die Lemminge